Enter your keyword

Projetos do IELUSC

Projetos do IELUSC

AGÊNCIA EXPERIMENTAL DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

Ao entrar para o curso de Publicidade e Propaganda, o aluno tem a oportunidade de atuar em uma agência, desenvolvendo projetos reais por meio da prática publicitária e de ações experimentais de gestão da comunicação aplicada ao terceiro setor. Ele vivencia a profissão na prática, mantendo contato com clientes, com profissionais e com fornecedores do mercado.

REVI

Os alunos de Jornalismo podem experimentar a internet como veículo de informação. Eles têm como referência editorial a cobertura de atividades internas, o olho crítico sobre o cotidiano de Joinville e o debate sobre questões da comunicação no Brasil e no mundo.

CLÍNICA - ESCOLA DE NUTRIÇÃO

O projeto de extensão, clínica-escola de Nutrição tem o objetivo de assistir pacientes em risco socioeconômico, que necessitam de atendimento, avaliação e orientação nutricional. Na clínica são atendidas patologias como obesidade, diabetes, desnutrição infantil, hipertensão arterial. As consultas são realizadas por acadêmicos qualificados e supervisionados por um professor orientador.

JORNAL PARAÍSO

O projeto, realizado no bairro Jardim Paraíso, baseia-se no conceito de jornalismo comunitário, em que a comunidade participa produzindo textos e definindo pautas e linha editorial. O trabalho tem servido para a afirmação da identidade do bairro em contraponto ao estigma de violência. Os exemplares são distribuídos gratuitamente.

A ENFERMAGEM NA ESCOLA: PROMOVENDO AMBIENTES RELACIONAIS SAUDÁVEIS

O projeto tem por objetivo realizar atividades de educação em saúde com alunos do ensino fundamental, abordando temas sobre o meio ambiente, a cultura da paz e a não violência. Realizadas em uma escola de Joinville, que tem grande número de adolescentes, as oficinas são facilitadas por uma acadêmica bolsista de enfermagem e por profissionais da equipe “Estratégia Saúde da Família” por meio de teatro de fantoche, representação teatral, cartazes e contação de história com a participação ativa dos alunos. Todas as ações são resultados do planejamento conjunto entre a professora coordenadora do projeto, a bolsista, a equipe da ESF, alunos, pedagogos e professores da escola.

REVISTA CIENTÍFICA

A Rastros é a revista científica editada pelo Núcleo de Estudos em Comunicação (NECOM). Situada na linha de pesquisa “Comunicação, linguagem e cultura”, essa publicação privilegia a investigação teórico-metodológica dos processos de produção, circulação e consumo dos modos de comunicação, midiáticos e não midiáticos, em suas articulações complexas com a cultura contemporânea. A revista Rastros recebe, semestralmente, artigos de pesquisadores brasileiros e estrangeiros que atuam no campo da Comunicação Social e das Ciências Sociais. Devido à sua periodicidade, à composição do seu corpo de pareceristas e à qualificação dos artigos publicados, a Revista Rastros está atualmente indexada no sistema nacional de avaliação de periódicos científicos Qualis/CAPES.

AVALIAÇÃO FÍSICA

Realiza avaliações físicas e orientações de exercícios físicos à comunidade, promovendo qualidade de vida aos participantes e capacitação profissional dos acadêmicos do curso de Educação Física do IELUSC. A ação ocorre em laboratório integrado à Clínica-Escola de Nutrição, na Unidade do Saguaçu III.

VIVENDO BEM COM ESCLEROSE MÚLTIPLA: UMA AÇÃO INTERDISCIPLINAR

Proporciona atendimento profissional gratuito aos pacientes da Clínica Neurológica e Neurocirúrgica de Joinville com Esclerose Múltipla, a fim de promover um estilo de vida saudável. O projeto desenvolve atividades físicas regulares, como musculação; oferece atendimento e acompanhamento nutricional e a realização de avaliação física.

OLHAR INCLUSIVO

Oferece oficina de fotografia para usuários dos Serviços Organizados de Inclusão Social (SOIS) de Joinville.

GRUPO TERAPÊUTICO FONOAUDIOLÓGICO

Projeto pioneiro em Joinville, visa devolver a qualidade de vida aos pacientes com afasia, proveniente de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Atende, gratuitamente, 12 pacientes que buscam recuperar a independência comunicacional. As terapias ocorrem duas vezes por semana, visam ao aumento do uso das funções comunicativas e de atos de fala. O tratamento tem duração de 24 sessões.