Enter your keyword

Grupo Terapêutico Fonoaudiológico

Grupo Terapêutico Fonoaudiológico

Grupo Terapêutico Fonoaudiológico

Doze pacientes participam do grupo 

Projeto pioneiro em Joinville, o Grupo Terapêutico Fonoaudiólogico orientado pela professora do Curso de Fonoaudiologia do IELUSC, Roxele Lima, visa devolver a qualidade de vida aos pacientes com afasia, proveniente de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Segundo estudos, 30% dos pacientes que sofrem AVC terão Afasia: perda da habilidade da fala e da escrita. Objetivando proporcionar autonomia e confiança, o Grupo Terapêutico Fonoaudiológico atende 12 pacientes que buscam recuperar a independência comunicacional.

De acordo com Roxele, o grupo terapêutico também auxilia na construção do sujeito, pois a interação entre os participantes e o estimulo às iniciativas comunicacionais recupera a confiança. “Sabemos que a dificuldade em expressar-se prejudica a qualidade de vida dos pacientes e dos familiares. Um dos objetivos é que percebam que não estão sozinhos, que mesmo acometidos por uma doença podem ter uma vida comum em sociedade”, explica a professora.

Para Maria Leri Dela Vedova, 74, esposa de Nilson Dela Vedova, 67, que é paciente há três meses, o grupo oferece um acolhimento carinhoso. “A terapia é muito importante para o relacionamento familiar e para que ele perceba que ainda temos muito o que viver, mesmo com dificuldades”, conclui.

A pesquisa faz parte da tese de doutorado da professora, desenvolvido, desde o ano passado, com o grupo Rehabilitation and Recovery of People with Aphasia after Stroke (RELEASE), na Universidade de Glasglow do Reino Unido. O estudo reúne 55 pesquisadores de todo o mundo, oriundos de 20 países. Roxele é a única participante brasileira. A pesquisa envolve mais de sete mil pacientes acometidos por Acidente Vascular Cerebral, que atinge, em média, 150 mil pessoas por ano no Brasil.

No mês de agosto, mais dois grupos serão abertos. Para participar o paciente precisa:
– apresentar um único episódio de AVC com mais de 6 meses;
– ter dificuldade para falar (afasia).

Os encontros ocorrem duas vezes por semana no BOM JESUS/IELUSC, Unidade Centro, rua Princesa Isabel, 438. Mais informações pelo e-mail roxele.lima@ielusc.br ou pelo telefone 3032-8810.